Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Email: redacao.piauiagora@gmail.com
Whatsapp: (86) 99829-2020

Zona Norte

Diretora é agredida e chamada de VAGABUNDA por aluna no Poty Velho

A diretora fazia a visita em cada sala para saber sobre o andamento das provas e o fardamento dos alunos.

Publicada em 06 de Dezembro de 2017 às 13h30

Publicado por: Marcia Gabriele  |  Fonte: Márcia Gabriele Imprimir

Foto: Reprodução

Notícia Atualizada em 06/12/2017 às 14h07

Marilena Maria Teixeira Silva, diretora da Unidade Escolar Firmina Sobreira, localizada no Bairro Poty Velho, zona Norte de Teresina, foi agredida fisicamente e verbalmente por uma aluna na manhã desta quarta-feira, (06/12), por ter alertado ela e mais quatro alunas que estavam sem o fardamento completo.

A diretora fazia a visita em cada sala para saber o andamento das provas e ainda saber se os alunos estavam cumprindo uma das normas da escola, que é o uso do fardamento completo.

Segundo Marilena Silva, ela teria feito apenas o alerta, sem punição, e solicitou que no dia seguinte, todos os alunos deveriam cumprir o regramento da escola, quanto ao uso da farda.

‘Foi só eu sair da sala do 7ª, que a aluna correu e me seguiu no corredor e começou a me agredir. Me chamando de ‘vagabunda’. Ela ainda puxou meu brinco, rasgando minha orelha’, lamentou a diretora.

Uma aluna que estava fazendo prova ouviu toda a movimentação e se diz revoltada. ‘O que nos revolta é que a diretora não a retirou da sala. Só pediu para usarmos a farda. Isso é regra desde que entrei na escola. É lamentável isso, pois ela é uma ótima diretora. Preocupada com a gente’, desabafou a aluna, que estava bastante nervosa.

Os responsáveis pela aluna agressora não quiseram falar com a imprensa, no entanto, garantiu que a menina possui transtornos mentais. A Seduc informou que após a situação, a aluna será transferida de colégio.  A diretora não registrou boletim de ocorrência. 


Veja o vídeo abaixo:

Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Morador de rua é morto a tiros enquanto dormia