Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Email: redacao.piauiagora@gmail.com
Whatsapp: (86) 99829-2020

Operação Ártemis

Duas pessoas são presas com animais silvestres em Capitão de Campo

Dentre os animais silvestres resgatados estão catitus, raposas, onças-pardas, jabutis, tatus, gato Maracajá e diversas aves.

Publicada em 07 de Dezembro de 2017 às 14h37

Publicado por: Marcia Gabriele  |  Fonte: Márcia Gabriele Imprimir

Foto: Secretaria de Segurança do Piaui

A onça-parda está com as presas arrancadas. A onça-parda está com as presas arrancadas.

Notícia Atualizada em 07/12/2017 às 18h49

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Operação Ártemis, no município de Capitão de Campo/PI, prendeu na manhã desta quinta-feira, (07/12), duas pessoas com animais silvestres.

Dentre os animais silvestres resgatados estão catitus, raposas, onças-pardas, jabutis, tatus, gato Maracajá e diversas aves.

Segundo o delegado Jorge Terceiro, da Delegacia Regional de Piripiri, há cerca de um mês, realizaram as investigações que teve como resultado a Operação Ártemis.

‘Até o momento, duas pessoas foram presas e dezenas de animais silvestres foram apreendidos. Para a operação, tivemos o apoio do IBAMA/SEMAR’, pontou.

Para a delegada Lucivânia Vidal, os animais recapturados estavam presos em cubículos, em uma situação deprimente.

‘A onça-parda sofreu visíveis maus-tratos. Tendo sido extraídas as presas do animal e obtivemos a informação de que, há pouco tempo, uma outra onça também esteve mantida em cativeiro no sítio na zona rural, mas acabou morrendo’, lamentou.

As pessoas presas foram autuadas, em flagrante, por crimes ambientais de cativeiro de animais silvestres majoradas, pelo fato de haverem espécies ameaçadas de extinção, o que pode gerar pena de até 1 ano e meio. Além de abuso e maus tratos que resultam pena de mais de 1 ano.


OPERAÇÃO ÁRTEMIS



O nome da Operação Artemis é em referência à deusa protetora da vida selvagem, dos animais e da caça, era filha de Zeus com a deusa Leto e irmã gêmea de Apolo. Quando criança, ao ser questionada por seu pai qual seu maior desejo, ela pediu, sem hesitar, que pudesse circular livremente pelas matas, à noite, ao lado dos animais ferozes sem nada sofrer, o que lhe foi prontamente concedido.
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Após seis dias no presídio, detento é encontrado morto