Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
Email: redacao.piauiagora@gmail.com
Whatsapp: (86) 99829-2020 - Anuncie

Enem Seduc 2017

Estudante de escola pública é aprovado em 1º lugar para Medicina

Matheus Cipriano, natural de Itaueira, foi aprovado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), da cidade de Parnaíba, litoral do Piauí.

Publicada em 29 de Janeiro de 2018 às 17h30

Publicado por: Marcia Gabriele  |  Fonte: Redação Piauí Agora Imprimir

Foto: Divulgação

Matheus Cipriano Matheus Cipriano

Notícia Atualizada em 29/01/2018 às 17h34

O jovem Matheus Cipriano, aluno da Unidade Escolar Monsenhor Uchôa, é um exemplo de superação, mesmo estudando em escola pública foi aprovado em 1º lugar para o curso de Medicina, um dos mais concorridos no estado.

Matheus Cipriano, natural de Itaueira, foi aprovado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), da cidade de Parnaíba, litoral do Piauí. Além de Matheus, Ulisses Sousa, aluno da Escola Felismino Freitas, foi aprovado para Medicina na capital, mesmo já tendo sido aprovado para o curso de direito de 2016.

Segundo Rejane Dias, secretária de educação, foram elaboradas e executadas inúmeras ações, por meio da Seduc, para ajudar os estudantes a terem melhor desempenho no Enem.

‘Quero parabenizar e agradecer a todos, pois fizemos um esforço conjunto entre gestores e professores, que estão nas escolas e a equipe técnica da Enem/Seduc. Mas o nosso reconhecimento especial está voltado para os estudantes, porque sem o seu esforço, dedicação e comprometimento, de nada adiantaria o nosso trabalho’, pontuou.

Para Rejane Lopes, diretora da escola Felismino Freitas, foram promovidas aulas de reforço, revisões extras de conteúdo, no contraturno escolar e apoio de uma equipe de professores especializada.

‘Hoje, estamos muito felizes por colher os frutos de todo esse trabalho’, ressaltou.

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2017) foi disponibilizado nesta segunda-feira, (29/01).
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Professores da rede estadual de ensino aprovam estado de greve