Quinta, 19 de Abril de 2018
Email: redacao.piauiagora@gmail.com
Whatsapp: (86) 99829-2020 - Anuncie

deixam esposa e filhos

Médicos piauienses mortos em acidente de helicóptero são velados no MA

As vítimas, naturais de Picos e São Raimundo Nonato, moravam e trabalhavam em São Luís do Maranhão.

Publicada em 02 de Abril de 2018 às 09h41

Publicado por: Daniely Viana  |  Fonte: Daniely Viana Imprimir

Foto: Reprodução/TV Mirante

Notícia Atualizada em 02/04/2018 às 19h08

As famílias e amigos dão o último adeus aos dois piauienses mortos em uma queda de helicóptero. O velório acontece na manhã desta segunda-feira (02), na sede do Conselho Regional de Medicina do Maranhão.

Os piauienses Jonas Eloi da Luz e José Kleber Luz Araújo, ambos médicos e primos, além do também médico maranhense Rodrigo Capbiongo e o piloto do helicóptero Alfredo Neto, morreram na tarde no domingo (01/04), próximo ao município de Rosário (MA). A suspeita é que o helicóptero tenha batido numa árvore e sofrido a queda.

A família, bastante emocionada, colocou próximo ao caixão do médico Jonas Eloi um jibão usado por um de seus dos grandes admiradores: Luís Gonzaga.

As vítimas, naturais de Picos e São Raimundo Nonato, moravam e trabalhavam em São Luís do Maranhão. Eles deixam esposa e filhos.

AMIGOS EXPRESSAM EMOÇÃO

Os amigos dos médicos prestaram solidariedade. Em uma das mensagens no Facebook, o também médico Yglésio Moyses, escreveu um emocionante relato. “Primeiro, chegou a notícia da morte do Rodrigo. Depois, confirmaram a morte do Jonas. Por último, eu não quis acreditar, disseram-me que Klebinho tinha morrido. Foi dureza ouvir aquilo”, conta.



CAUSAS ESTÃO SENDO INVESTIGADAS

Segundo informações da imprensa do Maranhão, devido à chuva, o piloto estaria voando num nível abaixo e teria batido numa árvore.

Já a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), informa que as investigações estão sob a responsabilidade do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica.

 
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Eleitor piauiense tem menos de 30 dias para regularizar título