Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Email: redacao.piauiagora@gmail.com
Whatsapp: (86) 99829-2020

Caso Camilla Abreu

Ministério Público denuncia capitão que matou namorada por 4 crimes

Ele vai responder feminicídio, recurso que impossibilitou a defesa da vítima, ocultação de cadáver e fraude processual.

Publicada em 06 de Dezembro de 2017 às 18h26

Publicado por: Marcia Gabriele  |  Fonte: Redação Piauí Agora Imprimir

Foto: Reprodução

Alisson Wattson da Silva Nascimento Alisson Wattson da Silva Nascimento

Notícia Atualizada em 10/12/2017 às 13h36

O Ministério Público, por meio da 13ª Promotoria Criminal de Teresina, denunciou nesta terça-feira, (05/12), o capitão da Polícia Militar, Alisson Wattson da Silva Nascimento, réu confesso na morte da namorada Camilla Abreu, por quatro crimes na Justiça Criminal.

O capitão Alisson Wattson vai responder feminicídio qualificado por motivo fútil (ocasionado por ciúmes), recurso que impossibilitou a defesa da vítima, ocultação de cadáver e fraude processual.

De acordo com o promotor, a autoria do crime ficou evidenciada nos depoimentos de amigos, familiares e na própria confissão do capitão. Ele solicita o indiciamento do capitão e a notificação das testemunhas.


O corpo da estudante Camila Pereira Abreu, 21 anos, então namorada de Alisson Watsson, foi encontrado no Povoado Mucuim, na zona rural de Teresina, no dia 31 de outubro deste ano. Ela havia desaparecido no dia 26.

O elemento está preso no presídio militar aguardando o resultado do processo administrativo que responde na PM.
Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Morador de rua é morto a tiros enquanto dormia