Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Email: redacao.piauiagora@gmail.com
Whatsapp: (86) 99829-2020

Combate aos privilégios

Propaganda da reforma da previdência é suspensa

A campanha foi elaborada para defender a Reforma da Previdência.

Publicada em 30 de Novembro de 2017 às 19h12

Publicado por: Marcia Gabriele  |  Fonte: Com informações da UOL Imprimir

Foto: Reprodução

Presidente Michel Temer Presidente Michel Temer

Notícia Atualizada em 01/12/2017 às 09h22

Os anúncios da campanha ‘Combate aos privilégios’ do governo foram suspensas nesta quinta-feira, (30/11) por determinação da Justiça Federal.  A campanha foi elaborada para defender a Reforma da Previdência. 

Para a juíza Rosimayre Gonçalves de Carvalho, representante da 14º Vara Federal de Brasília, a propaganda é ofensiva e desrespeitosa a grande número de cidadãos dedicados ao serviço público. Além disso, a juíza determinou uma multa de R$50 mil caso a determinação não seja cumprida. 

De acordo com nota da Advocacia-Geral da União ainda não foi intimada quanto a determinação da Justiça e prometeu entrar com recurso caso recebam oficialmente essa suspensão. 

A ação foi ajuízada pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Finafisco) e outras entidades de servidores. 
 
A determinação é liminar, ou seja provisória, o que dá chance do Governo Federal recorrer. 



Comente através do Facebook
Matérias Relacionadas
Após cirurgia, Temer recebe alta hospitalar